AXN Movies | Matt Damon é o Mestre do Cinema no arranque de 2021

AXN Movies

Todos os meses, o AXN Movies escolhe homenagear, na sua rubrica "Mestres do Cinema", grandes realizadores(as) e atores/atrizes, figuras inesquecíveis na cultura cinematográfica. Em janeiro de 2021, é celebrado o trabalho do ator, argumentista e produtor Matt Damon (com especial destaque dado à sua carreira na representação). 

Matt Damon é um nome incontornável na cultura de Hollywood e um dos atores mais conhecidos, não só da sua geração, como das últimas décadas. Em janeiro, o AXN Movies estabelece uma curta mas incisiva retrospectiva da sua obra, assinalando este ciclo com quatro filmes protagonizados ou co-protagonizados por Damon.

Aqui deixamos as suas datas de exibição - programadas a cada sexta-feira do mês, sempre às 14h30 -  e algumas curiosidades essenciais sobre os filmes e a presença de Matt Damon nestes:


"ESPÍRITO SELVAGEM" - SEXTA, 8 DE JANEIRO PELAS 14H30 

"Espírito Selvagem" ( a não confundir com "Spirit: Espírito Selvagem", obra de animação que conta com Matt Damon como dobrador principal) é a primeira obra a ser exibida por ocasião deste ciclo de "Mestres do Cinema". O filme, com título original "All the Pretty Horses", foi lançado em 2000 e conta com a realização do também ator Billy Bob Thornton (série "Fargo"), que aqui assinou a sua segunda longa-metragem.

Este drama romântico com um toque de western é protagonizado por Matt Damon, Penélope Cruz ("Vicky Cristina Barcelona") e Henry Thomas ("E.T. - Extraterrestre"). A narrativa situa-se no pós Segunda Guerra Mundial e acompanha um grupo de jovens que volta a casa depois do conflito de armado sem conseguir, contudo, livrar-se dos fantasmas do seu passado.

Deixamos ainda algumas curiosidades sobre este filme:

  • "Espírito Selvagem" recebeu uma nomeação para Melhor Banda Sonora Original nos Globos de Ouro de 2001.
  • O filme, que totaliza perto de 2 horas de duração, teve um corte original de quase 3 horas. Enquanto Ben Affleck considerou este corte "brilhante", o antigo chefe de Marketing da Miramax, Dennis Rice, considerou que esta versão mais longa era uma "tortura". Billy Bob Thornton diz ter ainda a versão original na sua posse, mas nunca a vimos ou provavelmente viremos a ver pois o produtor Harvey Weinstein forçou o corte de cerca de uma hora de filme.
  • O papel de John Grady Cole, interpretado pelo homenageado Matt Damon, foi inicialmente pensado para Leonardo DiCaprio. Contudo, Dicaprio demorou bastante a decidir se queria ou não fazer o filme e os produtores acabaram por escolher Damon para o papel. Antes disso, Brad Pitt havia já recusado o papel central.
  • Na longa-metragem, Robert Patrick interpreta o pai da personagem de Matt Damon. Na realidade, Patrick tem apenas mais 12 anos que Damon; A certa altura, o realizador Mike Nichols ("A Primeira Noite", "Perto Demais") esteve associado ao projeto mas acabou por "saltar fora".


"INTERSTELLAR" - SEXTA, 15 DE JANEIRO PELAS 14H30 

"Interstellar" é uma das maiores obras de referência da filmografia do realizador Christopher Nolan ("Tenet", "Inception"). A obra é protagonizada por Matthew McConaughey ("Dallas Buyers Club"), Anne Hathaway  ("Os Miseráveis") e Jessica Chastain ("O Desaparecimento de Eleanor Rigby") e conta a história de uma equipa de exploradores que procura viajar através de um buraco negro, estabelecendo uma ponte entre mundos,  numa tentativa de salvar a humanidade. É também um filme sobre isolamento e conexões humanas.

Matt Damon representa, em "Insterstellar", um pequeno mas determinante papel. Dr. Mann é essencial no enredo e a sua presença na história foi mantida em segredo durante bastante tempo. Mann, cientista e lider da Missão "Lazarus", é um homem confrontado com a mais desesperante necessidade de sobrevivência e acaba motivado pelo egoísmo. O resto faz parte da história!

"Interstellar" foi uma enorme produção, transportando consigo inúmeras especificidades de produção:

  • "Interstellar" depressa se tornou um clássico de culto. O filme venceu o Óscar de Melhores Efeitos Especiais e foi nomeado a um total de 148 prémios e venceu 43 outras distinções. No IMDB, maior portal de cinema da Internet, é o 29º filme mais popular e conta com uma pontuação de 8.6/10 - contando com quase 1,5 milhões de votantes; 
  • Inicialmente Steven Spielberg iria realizar este filme e contratou Jonathan Nolan (criador, argumentista e ocasional realizador de "Westworld") para escrever o argumento. Contudo, em 2021 Spielberg abandonou o projeto e Jonathan sugeriu o projeto ao seu irmão Christopher. Desta forma, Jonathan e Christopher Nolan colaboraram uma vez mais num argumento (como aconteceu por exemplo em "Memento") e o segundo realizou; 
  • As circunstâncias das filmagens a simular o espaço foram severas. Anne Hathaway sofreu inclusive de hipotermia enquanto filmavam na Islândia pois o seu fato de astronauta tinha uma abertura enquanto filmavam em águas geladas; 
  • Como se sabe, muita ciência verídica foi consultada e incorporada no filme. Christopher Nolan tinha receio de que uma representação fiel de um buraco negro fosse difícil de percepcionar por parte de uma audiência comum. Contudo, percebeu que se as perspetivas da câmara fossem bastante consistentes e os pontos de vista pouco alterados, poderia ser possível chegar a um entendimento facilitado; 
  • Christopher Nolan escolheu Matthew McConaughey para o papel central depois de ver a sua prestação em "Fuga" ("Mud" no original, 2012), um papel em grande parte responsável por uma mudança de trajetória na carreira deste ex galã de comédias românticas. 


"DESCOBRIR FORRESTER" - SEXTA, 22 DE JANEIRO PELAS 14H30 

Chegamos à terceira semana e respetiva terceira exibição no âmbito deste ciclo de "Mestres do Cinema" dedicado a Matt Damon com "Descobrir Forrester", mais um filme do ano 2000 e que conta, uma vez mais, com um jovem Matt. Esta obra de Gus Van Sant ("Elefante") conta a história da amizade improvável entre um jovem prodígio da escrita e um autor mais velho e dado à reclusão.

O protagonista é Robert Brown, que dá vida ao adolescente Jamal Wallace, um adolescente afro-americano que se esforça para ser aceite. Já o escritor que será o seu mentor, Forrester, é interpretado por Sean Connery, lenda do cinema que nos abandonou no final de outubro passado e que aqui podemos recordar.

Matt Damon interpreta aqui Sanderson, e desempenha aqui um pequeno papel mais para o final do filme. É o advogado de William Foreester. Já quando à trivia mais interessante do filme, podemos destacar que:

  • Este é um filme composto por estrelas, incluindo quatro vencedores de Óscares no elenco: Sean Connery, Matt Damon, Anna Paquin e F.Murray Abraham e ainda um nomeado ao Óscar, o realizador Gus Van Sant, indicado pelos filmes "Milk" e "O Bom Rebelde" (o preciso filme que rendeu a Damon o Óscar de Melhor Argumento a meias com Ben Aflleck); 
  • Bill Murray ("O Amor é um Lugar Estranho") foi considerado para o papel de William Forrester; 
  • O realizador faz uma aparição por volta da marca de 1 hora e sete minutos de filme, aparecendo no background numa cena passada numa biblioteca; 
  • Robert Brown, que interpreta Jamal, originalmente apenas fez uma audição para ser figurante. O seu objetivo era apenas pagar a conta do telemóvel, mas Gus Van Sant considerou que era um talento nato e convidou-o a fazer o casting do jovem protagonista;
  •  No DVD do filme incluem-se duas cenas eliminadas e um trailer com alguns momentos que não ficaram na versão final do filme. 


"CONTÁGIO" - SEXTA, 29 DE JANEIRO PELAS 14H30 

O ciclo fecha com "Contágio" (2011), a 29 de janeiro. Este não é um filme assim tão recente, mas foi sem dúvida um dos mais vistos de 2020, devido à sua aproximação ao momento atualmente vivido. Neste thriller de Steven Soderbergh ("Erin Brockovich") Matt Damon é co-protagonista ao lado de grandes nomes como Kate Winslet ("Titanic"), Jude Law ("Alfie") ou Marion Cotillard  ("A Origem").

Esta obra consegue prever uma pandemia capaz de colocar o mundo em estado de emergência, a qual começa na China e surge como uma aparente gripe para se espalhar com uma facilidade impressionável, deixando povos e governos em alvoroço. Familiar?

Em "Contágio" à medida que a comunidade científica luta contra este vírus e procura uma cura, é o medo da população que parece tornar-se ainda mais perigoso do que o próprio vírus. Mas que segredos e curiosidades esconde esta "previsão" do atual desafio global?

  • De acordo com um artigo publicado na revista "New Scientist", em setembro de 2011, "Contágio" é um dos blockbusters de Hollywood que mais se preocupou em honrar a ciência e desenhar um retrato fiel daquilo que é uma Pandemia; 
  • O medo da Covid 19 deu verdadeiro novo alento a este filme. Em dezembro de 2019 estava em 270 na lista de longas-metragens mais populares da Warners Bros. Já no início de 2020 saltou para o segundo lugar, apenas atrás da saga "Harry Potter"; 
  • A 27 de março de 2020, os membros do elenco Matt Damon, Kate Winslet, Marion Cotillard, Laurence Fishburne e Jennifer Ehle fizeram um vídeo em parceria com a Universidade Columbia a promover os cuidados relativos ao confinamento e prática da distância social no âmbito da presente crise pandémica; 
  • Este foi surpreendentemente um filme de Hollywood com relativo baixo orçamento. Gwyneth Paltrow recebeu uma baixa remuneração pela obra e gravou em apenas três dias. Já Kate Winslet filmou o seu papel central em apenas 10 dias;  
  • O vírus ficticio do filme, MEV-1, é composto por variantes de vírus oriundos de porcos e morcegos. No fim do filme, o vírus é arquivado junto a amostras de H1N1 (que se origina em porcos) e SARS (que se crê originar em morcegos). Mais uma curiosa aproximação à realidade, uma vez que a Covid 19 resulta de uma nova variante de SARS.

Prontos para um ciclo muito especial dedicado a Matt Damon como "Mestre do Cinema"? 

AXN Movies