Timeless

Próxima emissão: Sábado, 3 Dezembro

Emissões futuras de Timeless

close
Sábado, 3 Dez
Timeless 105
Episódio 105
Terça, 6 Dez
Timeless 105
Episódio 105
Terça, 6 Dez
Timeless 106
Episódio 106
Quarta, 7 Dez
Timeless 106
Episódio 106
Sexta, 9 Dez
Timeless 106
Episódio 106

nbc_timeless_journal_lincoln_02

Realidade Histórica

A Guerra Civil Americana ocorreu entre 1961 e 1965, entre os estados do sul (Confederados) e os estados do norte (União), provocando a morte de 600 mil pessoas. Os estados do sul tinham uma economia baseada no latifúndio escravista e na produção, principalmente de algodão, voltada para a exportação. Enquanto isso, os estados do norte defendiam a abolição da escravidão e possuíam suas economias baseadas na indústria. Esta diferença de interesses deu origem ao conflito. Os estados do norte, mais ricos e preparados militarmente, venceram e impuseram seus interesses sobre o país.Como consequência, a escravidão foi abolida, atendendo aos interesses dos estados do norte. Apesar disso, os negros não tiveram nenhum programa governamental que lhes garantissem a integração social e, após a liberdade, foram marginalizados pela sociedade. O processo de industrialização do norte intensificou-se ainda mais, gerando mais riqueza na região. Por outro lado, o sul passou por uma crise, perdendo influência política.

Abraham Lincoln foi o 16° presidente dos Estados Unidos, até à sua morte em 15 de abril de 1865. Lincoln liderou o país de forma bem-sucedida durante sua maior crise interna, a Guerra Civil Americana, preservando a União e abolindo a escravidão, fortalecendo o governo nacional e modernizando a economia. Criado em uma família carente na fronteira oeste, Lincoln foi autodidata, conseguindo desta forma chegar a advogado e ser o líder do Partido Whig, deputado de Illinois durante os anos de 1830, e membro da Câmara dos Representantes por um mandato durante a década de 1840. É o presidente mais admirado da História dos E.U.A e o grande referente nos dias de hoje. Dizem que

John Wilkes Booth era ator de teatro e assassinou o presidente Abraham Lincoln no dia 14 de abril de 1865. Membro de uma admirada família teatral de Maryland, Booth tornou-se um ator conhecido na década de 1860. Era simpatizante dos Confederados, contra a abolição da escravatura e protestante feroz contra Lincoln.